Otávio revela sondagens do Brasil, não descarta sair do Bordeaux, mas afirma: "Foco está aqui"

Volante foi comprado em 2017 pelo time francês junto ao Atlético-PR



Otávio deixou o Atlético-PR em 2017 por cerca de R$ 27 milhões rumo ao Bordeaux como um dos principais jogadores que atuavam no futebol brasileiro. Sofreu com a adaptação na mudança de país, alternou bons e maus momentos na chegada à Europa e agora vive certa indefinição. 

Nas últimas semanas, a imprensa francesa noticiou que o volante poderia ser negociado pelo Bordeaux nesta janela de transferências. De volta aos trabalhos após o período de férias, Otávio bateu um papo exclusivo com o Blog De Primeira e não descartou mudar de clube, mas deixou claro que a sua prioridade é permanecer por lá.

Ele, inclusive, revelou que tem recebido algumas sondagens para retornar ao futebol brasileiro.

"Pintaram algumas coisas para que eu pudesse voltar ao Brasil, mas meu foco está aqui no Bordeaux, na França, para que eu possa estar dando continuidade ao meu trabalho aqui. Tenho certeza que esse ano será um ano repleto de conquistas, de aprendizado. Estou muito feliz aqui e dando o meu melhor para evoluir e crescer cada vez mais. Se eu vou voltar, se vou ser emprestado, se eu vou para outro clube, eu deixo nas mãos dos empresários que estão cuidando da minha carreira, do próprio clube. Isso foge um pouco do alcance", disse.


CHEGADA À EUROPA

Revelado pelo Atlético-PR, Otávio disputou 21 jogos na última temporada pelo Girondins Bordeaux, que terminou em sexto lugar no Campeonato Francês. Segundo o brasileiro, alguns problemas de adaptação foram fundamentais para que ele não tivesse um desempenho superior na sua chegada ao clube, que conta com outros dois brasileiros: Malcom, ex-Corinthians, e Jonathan Cafú, ex-São Paulo e Ponte Preta.

"Eu tive muitas expectativas. Foi até mais do que eu esperava no início, porque eu estava vindo de um país completamente diferente, tanto na parte do clima, do idiota, da cultura. Você tem que se adaptar o mais rápido possível. Eu já cheguei jogando, já pude demonstrar o meu futebol, a minha qualidade. As pessoas aqui me receberam super bem para que eu pudesse me adaptar. Mas, com certeza, a minha expectativa agora é maior, por já estar adaptado, conseguindo se adaptar aos companheiros de trabalho, entendo a cultura, o idioma, a filosofia do clube e do país. Muito feliz pela segunda temporada e confiante de que será melhor que o ano passado.

Caso permaneça no Bordeaux, Otávio estipula algumas metas para a próxima temporada, que inicia no mês de agosto.  O clube estreia no Campeonato Francês no dia 10 de agosto contra o modesto Strasbourg, em casa, no Stade Matmut-Atlantique.


"Ficando aqui no Bordeaux, que é o que eu acho que vai acontecer, é buscar o máximo de títulos, ter uma temporada sólida, uma regularidade grande. Que eu possa me firmar, fazer uma melhor temporada, o meu melhor ano como profissional. Estou me preparando para isso. Que seja um ano de conquistas individuais e coletivas também", afirma o jogador.

TORCIDA NA FRANÇA

Otávio mora na cidade de Bordeaux, uma das mais visitadas da França e que é reconhecida internacionalmente pela produção de vinhos. De lá, o volante tem sentido a confiança dos franceses com a seleção do país na Copa do Mundo da Rússia. 

Afinal, após passar por Argentina e Uruguai, a França encara a Bélgica na semifinal e é apontada como a grande favorita ao título mundial.

"A expectativa de todos é grande em cima da seleção francesa. Mas eles têm um respeito grande pelo Brasil. Agora que o Brasil saiu, a expectativa deles aumentou ainda mais. Estão confiantes de que serão campeões da Copa do Mundo. Todos sabem a qualidade da equipes deles. Estão no caminho certo para o título da Copa do Mundo", encerra


Comentários