De volta à J-League após "ano perdido" na Coreia, Anderson Lopes sonha se naturalizar japonês


Atacante brasileiro vai defender o Consadole Sapporo nesta temporada



A passagem pelo Seoul, da Coreia do Sul, em 2018 não foi como Anderson Lopes esperava:

- Não sei o que eu fui fazer na Coreia. Foi um ano perdido. Espero nunca mais voltar para lá - desabafa.

E é por isso que o atacante ex-Athletico-PR e Avaí está de volta para casa. Não no Brasil, mas sim na Terra do Sol Nascente, o Japão, lugar onde se identificou durante a sua passagem pelo Sanfrecce Hiroshima e onde esteve entre 2016 e 2017.

Anderson acertou com o Consadole Sapporo em janeiro e terá outra experiência na J-League, a primeira divisão japonesa.

- Estou de clube novo e muito feliz de estar aqui. Já conheço um pouco a cabeça dos japoneses. Tudo me motivou a retornar ao Japão - disse o jogador de 25 anos em entrevista exclusiva ao De Primeira.


Anderson Lopes chegou ao futebol asiático em 2016 após defender o Athletico-PR, onde marcou dois gols em 19 jogos. Rapidamente, se adaptou no Japão atuando pelo Sanfrecce Hiroshima.

Viveu, em 2017, uma das melhores temporadas da carreira: foram 10 gols em 39 partidas. Foi por lá onde passou, inclusive, por um susto daqueles.

- Um dia eu estava concentrado para o jogo e, na madrugada, deu um terremoto de leve. Entrei em choque. Contei para os meus companheiros no outro dia e todos eles deram risada da minha cara. Para eles, é normal, porque o terremoto foi muito leve - recorda.

De lá, Anderson se transferiu para o Seoul, da Coreia do Sul, onde anotou 7 gols em 31 jogos. Agora, no Consadole Saporro, projeta novos planos. Sem a pretensão de retornar ao Brasil, ele sonha em jogar pela seleção do país que o acolheu.


- Não pretendo voltar ao Brasil tão cedo. Espero poder ficar muitos anos aqui no Japão e, quem sabe, até me naturalizar. Se pintar o convite, eu vou, sim. Primeiro tenho que jogar muita bola. Depois, estudar e falar japonês quase que fluente, o que é muito difícil. Minha família ama o Japão, e eu também - garante.

Sob o comando do técnico sérvio Mihailo Petrovic, o Consadole Sapporo estreia na J-League no próximo sábado, fora de casa, diante do Shonan Bellmare.

- Estou muito motivado para esse ano. Vejo que nossa equipe tem qualidade de brigar por títulos. Espero ser campeão aqui e fazer história - encerrou.

Comentários