Matheus Leoni avalia passagem por clube búlgaro e procura novo clube

Lateral-esquerdo de 27 anos está na Europa desde 2016


Depois de duas temporadas, chegou ao fim o ciclo do lateral-esquerdo Matheus Leoni pelo Beroe, clube da primeira divisão da Bulgária.

O contrato do brasileiro venceu no fim do mês de junho, e ele agora busca um novo desafio.

"Pretendo continuar na Europa. Claro que, se tiver algo interessante no Brasil, eu pensaria, mas o desejo é continuar na Europa", disse ele em entrevista exclusiva ao De Primeira.

Matheus está desde 2016 na Europa. A primeira experiência no Velho Continente foi vestindo a camisa do Neuchâtel Xamax, da Suíça, único clube que defendeu antes de se transferir para o Beroe.


"Pude crescer muito. O futebol europeu te dá mais rodagem e mais experiencia para poder crescer, tanto dentro de campo, como fora dele", afirma.

Com a camisa do Beroe, Matheus Leoni disputou 59 jogos em duas temporadas. No último campeonato búlgaro, ajudou o clube a ter um bom desempenho na competição.

"Foi uma temporada positiva. Tive bons números e ficamos em quarto lugar. Novamente por um detalhe não conquistamos a vaga para a Liga Europa. Mas foi o um bom ano e considero uma passagem muito positiva pelo clube", garante ele, que ainda relata como foi ter vivido no gelado país europeu.


"Por eu ter jogado um ano anterior na Suíça, facilitou um pouco a minha adaptação, pois eu já esperava passar por essas dificuldades. Mas o frio é apenas um obstáculo. Com certeza morar na Bulgária foi muito bom, tanto para mim quanto para a minha família. O país é sensacional, tem muitas cidades históricas, praias, e as pessoas me trataram muito bem".

Comentários